Visto Americano de Turismo, como tirei o meu!

Sonha em passear nos Estados Unidos? Para isso é necessário primeiro ter o famoso visto americano, descubra neste post quais são os passos necessários!

Para viajar aos Estados Unidos, seja a passeio, negócios ou estudo, nós brasileiros precisamos ter um visto americano. Para turismo especificamente o tipo de visto exigido pelo consulado é o Visto B-2.

O visto é emitido pela Embaixada dos EUA, que está em Brasília e por seus Consulados que se encontram em Recife, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

A) Preenchendo o formulário online

A solicitação do visto americano inicia-se com o Formulário Online DS-160, que está escrito em inglês. Mas é só colocar o mouse em cima do texto e vai aparecer a tradução para o português.

O primeiro passo é escolher a cidade (Recife, Rio de Janeiro, São Paulo ou Brasília) que você irá comparecer pessoalmente para a entrevista.

Então no lado direito da tela, onde está escrito “Select a location where you will be applying for this visa”, selecione umas dessas opções e depois insira o código de verificação. Agora é só clicar em “start an application” e começar a preencher o formulário.

→ Já pensou passar o Réveillon 2018 em BALNEÁRIO CAMBORIÚ!

Psiiii › Inscreva-se em nosso canal no Youtube

Tenha em mãos os documentos que demonstram seu vínculo com o Brasil. Eles depois também serão usados na entrevista que é realizada pessoalmente no Consulado ou na Embaixada.

Os documentos podem ser, por exemplo:

  • Escritura de imóveis ou financiamentos imobiliários em seu nome;
  • Declaração de empresa em seu nome ou sociedade;
  • Registro de trabalho na carteira e holerites;
  • Frequência de ensino superior;
  • Declaração de imposto de renda;
  • Automóveis em seu nome;
  • Documentos que comprovem seu trabalho autônomo, caso não seja registrado na carteira;
  • Passaportes antigos;
  • Quaisquer outros documentos que demonstram vínculo com o Brasil.

É muito importante que o formulário seja preenchido corretamente. Já que, se houverem erros nele o visto americano poderá ser negado pelo agente consular.

Ah, e não esqueça de anotar o número de identificação do seu formulário (Application ID).  Sem esse número você não consegue mais acessa-lo posteriormente, caso seja necessário complementar ou retificar alguma informação inserida. Se isso acontecer, você terá que iniciar o preenchimento de um novo formulário.

Quando finalizar, imprima a Confirmação do formulário DS-160. Este é o documento oficial de solicitação do visto.

Para nos ajudar, o Consulado dos EUA disponibilizou um vídeo com algumas dicas de como deve ser preenchido o formulário DS-160.

B) Realizando o agendamento

Agora, crie uma conta no site oficial do Departamento de Agendamentos, usando o número da página de confirmação do seu DS-160.

Então você irá realizar o agendamento para a coleta das impressões digitais e foto no Centro de Atendimento ao Solicitante de Vistos (CASV) e entrevista na Embaixada/Consulado.

Imprima também a confirmação do agendamento, mais tarde ela será necessária!

Para São Paulo será preciso um dia no CASV e outro dia no Consulado, que podem ser seguidos (como foi nosso caso). O primeiro local que se deve ir é o CASV e no dia seguinte será o Consulado ou a Embaixada. Lembrando que o intervalo entre os dois locais não pode exceder um período de 8 dias.

Já para Recife, Rio de Janeiro e a Embaixada de Brasília, dependendo da disponibilidade de horários, é possível agendar o CASV e a entrevista no Consulado ou na Embaixada no mesmo dia.

C) Pagando a taxa

Depois deve ser paga a Taxa de Solicitação de Visto (MRV). Na categoria Visto B-2, custa US$ 160,00.

Neste mesmo site, após a etapa anterior, você irá emitir um boleto bancário ou, ainda, escolher pela opção de pagamento por meio de um cartão de crédito internacional.

Lembre-se de guardar o comprovante também. Dado que, quando você for fazer a coleta das impressões digitais e da foto, será necessário apresentar o recibo de pagamento.

D) Centro de atendimento ao solicitante de vistos – CASV

Chegou a dia e horário marcado? Agora compareça pessoalmente ao CASV, para a coleta das digitais e da foto, com os seguintes documentos impressos:

  • Um passaporte com validade mínima para os próximos 6 meses, expedido no nome do solicitante do visto, sem estar danificado e com pelo menos uma página em branco.
  • Levar seus passaportes antigos, se houver.
  • A confirmação do formulário DS-160, que contém um código de barras (ITEM A).
  • A confirmação do agendamento (ITEM B).
  • O recibo de pagamento da Taxa de Solicitação de Visto (MRV) (ITEM C).

E, por prevenção, leve seus documentos pessoais também.

Acesse aqui para ver os endereços dos CASVs.

Os documentos que você levou serão devolvidos, já que eles igualmente devem ser apresentados na entrevista no Consulado/ Embaixada.

Quando fomos fazer essa etapa, foi bem tranquilo. Em São Paulo, o CASV é um espaço amplo e, ao chegar lá, não teve erro, foi só ir seguindo as instruções que há dentro do local, que achamos a fila certa.

Fique atento ao momento que o funcionário do Consulado diz que vai tirar a foto, porque é meio sem preparação, e ele não vai te mostrar para ver como ficou hehe. Então, cuidado pra não sair com olhos meio fechados que nem foi no meu caso (que eu só percebi quando recebi em casa meu passaporte com o visto impresso).

E) Entrevista no Consulado ou na Embaixada

Depois de passar pelo CASV, com os documentos acima – que foram devolvidos – você irá ao Consulado ou à Embaixada para realizar a entrevista.

Acesse aqui para ver os endereços dos Consulados e da Embaixada.

É nesse momento que você irá comprovar documentalmente o que foi preenchido no formulário DS-160. E, o mais importante, irá demonstrar para o funcionário consular o seu vínculo com o Brasil.

Assim, leve o máximo de documentos que você possui. São aqueles listados no ITEM A e foram utilizados para preencher o formulário online, devendo ser os originais.

Lembrando que, segundo o site da Embaixada, cidadãos brasileiros residentes no Brasil com até 15 anos ou com idade igual ou superior a 66 anos poderão ser isentos desta entrevista.

Quando fomos no Consulado de São Paulo, tivemos uma experiência bem tranquila. Mas acredite, procuramos deixar tudo organizado em questão de documentação da melhor maneira possível.

Penso que o nosso planejamento em organizar os pápeis bem certinhos, tomando cuidado ao preencher o formulário mencionado, fazendo todos os passos com calma, foi fundamental para a aprovação do nosso visto americano.

E o mais importante, não conte nenhuma mentira! Seja claro e objetivo nas suas respostas, não invente nada e não conte nenhuma lorota.

Mas é claro que, na hora que você se apresenta para o funcionário consular da Embaixada ou do Consulado, após todas as etapas relatadas cumpridas, a decisão de receber ou não o visto, está a cargo dele.

F) Retirando o passaporte com o visto dos EUA

Enfim, fui aprovado!

Agora, dentro de 10 dias úteis o seu passaporte retornará pelo correio, om o visto americano impresso nele. Será enviado ao endereço que foi informado por você no site onde é marcado o agendamento.

Na grande maioria dos casos, o visto americano de turismo sairá com uma validade 10 anos. Só alegria!  😎

Há também a opção de retirar o passaporte com visto diretamente no CASV (está alternativa apareceu quando você agendou a entrevista). Neste caso basta ficar atento quando a opção “retirar documentos” ficar habilitada dentro da conta que você criou no site oficial do Departamento de Agendamentos.

Para mais informações sobre o serviço de entrega do visto acesse aqui.

Dicas extras para o Visto Americano: fotos!

Como instruímos acima, você agenda no CASV e comparece lá pessoalmente para colher as impressões digitais e tirar uma foto (a que será impressa no seu visto).

Contudo, quando fomos para o CASV de São Paulo, após fazer os procedimentos, o funcionário informou que seria necessário levar também uma foto impressa nos padrões exigidos pelo governo dos EUA para a entrevista no Consulado ou na Embaixada.

Isso porque, pode ser que o sistema estivesse fora do ar no momento da nossa entrevista, então daí o agente do Consulado ou da Embaixada iria exigir uma foto impressa nossa. Ou seja, essa fotografia só iria ser usada caso o sistema estivesse fora, ela era apenas uma precaução. Mas uma precaução totalmente necessária.

Como não sabíamos disso, logo que saímos do CASV corremos para procurar locais que fizessem a tal fotografia no padrão do Consulado.

Tinha alguns estabelecimentos ao redor do próprio CASV que prestavam esse serviço, mas pensa na facada! Então fomos no shopping e encontramos também uma lojinha que fazia as fotos. Só que não teve jeito, o preço foi salgado mesmo! Não lembro ao certo quanto foi, mas estávamos em 5 pessoas e acho que deu o total de R$120,00!!! Tivemos que desembolsar.

Por isso, na sua cidade, já providencie esta foto segundo as especificações do Departamento do EUA:

Requisitos para Fotografia Visto Americano

Requisitos para Fotografia Visto Americano

No fim não precisamos usar, mas elas tão até hoje guardadinhas hehe

Foto 5x7 para o visto americano

Foto 5×7 para o visto americano

Dicas extras para o Visto Americano: Vá preferencialmente em família!

Isso mesmo, junta todo mundo e faça uma viagem família buscapé para solicitar o visto americano. Isto porque, dessa maneira é mais fácil comprovar seu vínculo, suas raízes, com o Brasil.

Se aparecer uma pessoa muito jovem, sem nenhum bem, sem nenhum trabalho registrado e sem familiares o funcionário do Consulado ou da Embaixada pode ver como alguém que potencialmente não “tem um motivo” para retornar ao Brasil assim que pisar na terra do sonho americano. Justo ou não, essas são as orientações que ouvimos.

Por esse motivo, se for em família, lembre-se:

  • O Formulário Online DS-160 deve ser preenchido UM POR PESSOA.
  • A Taxa de Solicitação de Visto (MRV) deve ser paga UM POR PESSOA. Assim, são US$ 160,00 desembolsados para cada membro da família.
  • O horário da entrevista pode ser marcado TUDO JUNTO para famílias de até 10 pessoas. E como já comentamos (ITEM E), segundo o site da Embaixada, cidadãos brasileiros residentes no Brasil com até 15 anos ou com idade igual ou superior a 66 anos poderão ser isentos da entrevista no Consulado ou na Embaixada.
  • Para estes solicitantes que poderão ser isentos da entrevista, na etapa do CASV, outra pessoa pode entregar a sua documentação e deve levar também uma foto 5×7 dentro dos padrões acima explicados.

Uma boa forma de manter tudo organizado é comprar uma pastinha (simples, de elástico mesmo) para cada membro da família. Dentro dela coloque os documentos individuais de cada um: a Confirmação do formulário DS-160, a Confirmação do Agendamento, o Comprovante da Taxa de Solicitação de Visto (MRV), a Foto 5×7, os documentos pessoais e os documentos comprobatórios de vínculo com o Brasil.

Dicas extras para o Visto Americano: Não leve aparelhos eletrônicos!

Também não vá com mochila grandes, objetos cortantes, pastas não transparentes. Dentro do CASV é possível entrar com o aparelho telefônico desligado. Porém no Consulado ou na Embaixada, não é permita a entrada de celular de forma alguma! Por isso, se você puder, não vá com esses objetos, mas caso não tenha escolha, há guarda-volumes aos arredores.

E lembre-se, quando estamos lidando com o Governo, e seja ele do Brasil ou dos Estados Unidos, não é hora de gracinhas. Então é muito importante sempre ser solicito e se portar com seriedade.

Precisando de mais informações, de uma olhadinha no site oficial da Embaixada dos EUA e Consulados no Brasil: br.usembassy.gov

Deixe também um comentário, caso tenha alguma dúvida!  😉

Dúvidas?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

  • Lais disse:

    Oi bom dia.

    A foto 5×7 eles só pedem para quem não vai ao CASV, quem vai tira a foto la mesmo , certo?
    Outra coisa, no CASV em Brasilia tem guarda volumes perto?

    • Djow disse:

      Oi Lais. A foto 5×7 para o CASV é uma precaução pois caso o sistema esteja fora você precisará dela. Quanto ao CASV de Brasília infelizmente não sei informar pois fizemos todo o processo pelo de São Paulo. Um abraço.