Biloxi, um lugar de descanso no Mississipi

Biloxi, localizada no litoral do estado do Mississipi nos Estados Unidos da América, é um cenário perfeito para um dia de descanso.

Biloxi?

Nunca tinha ouvido falar de Biloxi antes de visitá-la! Contudo, em 2016, acompanhado de dois amigos, quando estávamos em direção a New Orleans com tickets para a DrupalCon, fizemos uma parada em Biloxi.

Havíamos saído de Celebration na Flórida, uma cidade que fica logo ao lado de Orlando, e estávamos realmente cansados. Biloxi foi um bom lugar para recuperar as energias.

Chegando por lá já me surpreendi com o vista para a praia, mas não imagina o quanto de história tinha naquela cidade.

Na história mais antiga, temos o Fort Maurepas, que foi a primeira colônia francesa em Louisiana fundada em Biloxi em 1699, ao comando de Pierre Le Movne d’Iberville.

Na mais recente, temos uma catástrofe que foi o furacão Katrina, uma tempestade tropical com ventos de mais de 280 km/h que destruiu cidades e a vida de muitas pessoas. 🙁

→ Já pensou passar o Réveillon 2018 em BALNEÁRIO CAMBORIÚ!

Psiiii › Inscreva-se em nosso canal no Youtube

Passando por New Orleans dá para ver ainda a destruição que esse furacão causou, porém, em Biloxi, por onde passei, tudo parecia em ordem.

Restaurantes

Seguindo pela Beach Boulevard, que é a rua principal com vista para a praia, encontramos o Snapper’s Seafood Restaurant.

Coma até morrer

Coma até morrer

Uma coisa que não tiro da cabeça, é que nos EUA tudo sempre parece um filme.

O ambiente do restaurante e as músicas dos anos 90 que estavam tocando me deram uma incrível nostalgia dos dias que eu passava vendo filmes na sessão da tarde hahaha.

Vista do Snapper's Seafood Restaurant

Vista do Snapper’s Seafood Restaurant

Foi nesse restaurante à beira da praia, que conheci um lanche chamado de Po Boy. Já havia percebido esse nome em alguns restaurantes, mas nem ideia do que se tratava.

Arrisquei e pedi um e não me arrependi! Pelo contrário, continuei pedindo esse lanche em New Orleans.

Pedi o de camarão

Pedi o de camarão

O Po Boy é um sanduíche feito com pão baguete francês e é original da Louisiana. Pode ter recheio de carne, mas geralmente é feito com peixes fritos e também leva alface, picles, molho picante, maionese e por aí vai.

O nome vem de Poor Boys, que significa Garotos Pobres. Me senti um pobre bem feliz comendo esse sanduíche. Fez sentido.

Um outro restaurante interessante que almocei por lá foi o Slap Ya Momma’s Barbecue, onde tem pratos com carne de porco.

Não brinca, lá tem carne de porco?

Não brinca, lá tem carne de porco?

Nesse lugar foi difícil escolher o que comer pela variedade de pratos interessantes. Para quem curte carne de porco e carne defumada vale a pena. Ainda mais que qualquer prato em qualquer restaurante nos EUA é consideravelmente maior do que em outros países.

Pensa em um lanche pesado

Pensa em um lanche pesado

Logo atrás do restaurante tinha uma Pontiac Bonneville 1969 conversível estacionado 🙂

Pontiac 1969 Bonneville

Pontiac 1969 Bonneville

A praia

Nós acabamos trabalhando em pleno domingo para entregar um projeto, dentro do hotel em um dia lindo de sol de frente para a praia. Só que no fim da tarde, após todo trabalho entregue tínhamos um destino certo: a praia.

Com uma vasta extensão de areia, é possível fazer realmente longas caminhadas por lá.

Assim que pus o pés na areia o que mais me chamou a atenção foi que não estava quente! Sério.

Estou acostumado a ir nas praias da minha região em Itajaí e Balneário Camboriú e num dia de sol sair pulando pela areia quente, mas lá, mesmo num dia com muito sol pude caminhar tranquilamente de pé no chão.

Um Poor Boy feliz por estar de pé no chão

Um Poor Boy feliz por estar de pé no chão

A ideia era caminhar até o Farol e o Píer, que não eram tão longe de onde estávamos hospedados, o hotel Hampton Inn.

No meio do caminho avistamos um carrinho de sorvete e eu pensei: É agora que eu compro um sorvete igual nos filmes! Mas nem tudo são flores, pensa num sorvete ruim por $4. Era gelo com corante sem gosto. Nem sacolé é assim!

Além de aproveitar a praia, algumas atrações disponíveis que tem por lá são:

  • Aluguel de jet ski
  • Passeio de barco
  • Passeio de escuna
  • Passeio com pesca de camarão
  • Visita a Deer Island

Como estávamos a trabalho, infelizmente não existia possibilidade de curtir essas atrações, só que o passeio pelo praia já valeu muito a pena para conhecer um pouco da região.

Farol

Um dos pontos mais conhecidos de Biloxi é o Farol, que é um dos mais antigos dos faróis sobreviventes que já existiram no Golfo do Mississipi. Já é possível ver ele assim que se chega na cidade pela rua principal.

Ele foi construído em Baltimore e somente finalizado em Biloxi em 1848. Nos EUA ele é o único farol que fica no meio da estrada. Sim, no meio da estrada.

Farol em Biloxi

No meio da estrada!

Confesso que achei estranho por estar acostumado com faróis como o Farol da Santa Marta e o do Molhes da Barra, bem afastados e perto do mar como padrão, mas…

Apesar de pequeno, ele é um farol muito estiloso! Tem uma escada em espiral que vai até o topo e foi feito de ferro fundido, um dos primeiros assim no sul dos EUA.

É considerado como um símbolo de resistência para a cidade após ter passado por tudo que passou e estar de pé até os dias de hoje.

Muitas fortes tempestades atingiram o farol no decorrer dos anos. Mas, em 2005, as ondas do furacão Katrina envolveram parte dele e o constante impacto da água e ventos derrubaram vários tijolos, quebraram janelas da cúpula da luz e destruíram o sistema elétrico.

Somente em 2010 os passeios públicos foram reabertos após uma restauração.

Vale considerar que toda região ao redor do Farol é super agradável para visitação, porém, é ele ao meio que dá um charme diferente para o ambiente, ainda mais à noite quando ele fica aceso 🙂

Se quiser conferir, no website da cidade existe uma câmera ao vivo de dentro do farol mostrando a cidade!

  • Endereço: 1050 Beach Blvd, Biloxi, MS 39530, EUA. Mapa.

Píer

Logo a frente do farol tem o Píer. Como a cidade de Biloxi fica no Golfo do México, o mar é muito tranquilo e é possível caminhar longe já que dá pé. Por isso, o Píer também segue bem mar adentro.

Pier em Biloxi

Para relaxar, ficar no Píer é uma boa opção pois é muito calmo. Lá a vista para o mar é interessante, mas o cenário da cidade vista pelo píer, num fim de tarde, é único!

Pier em Biloxi
Lemuel, Eu e o Thyago - Píer em Biloxi

Lemuel, Eu e o Thyago

Lembre-se: Não compre sorvete do carrinho/van que fica estacionado ali perto do farol/píer.

Cassinos

Uma das atrações que chama mais atenção na cidade são os Cassinos, que são geralmente anexados a hotéis e resorts.

Entre eles estão o Hard Rock Hotel & CasinoIP Casino ResortGolden Nugget Casino e o Beau Rivage Casino o qual visitamos e fiz minha primeira aposta.

Beau Rivage Casino ao fundo

Beau Rivage Casino ao fundo

Nunca havia estado em um cassino antes. Perdi a chance de visitar um em Amsterdam, que fica logo ao lado do Hotel Van Der Valk, pois estava fechado. Agora era a hora.

Logo na entrada vi que tudo era bem suntuoso, com um pé direito muito alto e um ambiente cheio de verde e flores. Todo o caminho é revestido com carpete.

Lobby do Beau Rivage Casino

Lobby do Beau Rivage Casino

Chegando no cassino obviamente é necessário apresentar o passaporte para verificação de idade.

O ambiente continua luxuoso. O barulho e as músicas das máquinas soa todo misturado. É realmente muito louco.

Bem eu estava lá e precisava ver como era jogar num caça níquel! Gastei somente $10 com muita dor no coração. Acho um desperdício.

Beau Rivage Casino

Beau Rivage Casino

Andando por lá, deu para ver de tudo.

Haviam pessoas muito animadas jogando e se divertindo. Outras desanimadas vestindo uniformes de trabalho, ou roupas mais velhas e desleixadas.

Todos tentando a sorte, mas no geral, só jogando dinheiro fora?

No entanto, como eu estava por lá e não conhecia nenhum, acabei indo por curiosidade, não pela jogatina.

 

E assim foi passar dois dias em Biloxi, que com certeza tem muito mais locais para visitar e explorar. Quem sabe na próxima?

Se você conhece essa cidade (dúvido) deixe um comentário, e se não conhece, coloque no seu roteiro se passar lá por perto!

Dúvidas?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *