Albert Cuyp Markt em Amsterdam, 3 experiências que vivemos no maior mercado de rua da Europa!

Muita movimentação, gastronomia e compras, esse é o Albert Cuyp Markt. O mais conhecido mercado de Amsterdam, que já atravessou 100 anos de história!

Quando chegamos em Amsterdam, uma noite de sexta-feira fria de inverno, tivemos nossa primeira experiência em outro qualquer país do mundo, era um sonho!

No dia seguinte, ao sairmos para turistar, por causa das baixas temperaturas e por ser fim de semana, a cidade dos canais nos trouxe uma impressão de ser mais quieta. Doce engano hehe.

Só que logo no domingo já juntamos nossas malas, pegamos o carro e fomos em direção aos próximos destinos da eurotrip, a França e a Alemanha.

Então, no fim da viagem, voltamos à Holanda e aproveitamos os últimos dias em Amsterdam, e que diferença!

Exploramos uma cidade viva, lotada de bicicletas, um trânsito doido no centro e com muita personalidade. Sem dúvida, Amsterdam é muito singular, quem conhece se apaixona!

→ Já pensou passar o Réveillon 2018 em BALNEÁRIO CAMBORIÚ!

Psiiii › Inscreva-se em nosso canal no Youtube

Albert - Cuyp - Market - Amsterdam

E foi nessa vibe que fomos visitar o maior mercado de rua da Europa: o Albert Cuyp Markt.

Sobre o Albert Cuyp Markt, em Amsterdam

Mas afinal, o que é o Albert Cuyp Markt?

Simples. O maior mercado a céu aberto da Europa e o mais conhecido da Holanda, com 260 barraquinhas, onde é possível achar um pouco de tudo!

O local aonde hoje existe o Albert Cuyp Markt, já foi um canal para passagem de barcos até os moinhos dos comerciantes de madeira.

Com a explosão de aumento populacional de Amsterdam, entre 1889 e 1900, a região foi aterrada e começou a ser habitada por muitos operários, vindos de diversas localidades.

O bairro De Pijp, por ter um aluguel barato, também virou residência de muitos artistas, estudantes e pequenos comerciantes. Vários restaurantes e bares foram abertos e a atmosfera multicultural transformou o De Pijp em um bairro boêmio.

Em 1905, o Albert Cuyp Markt foi legalizado e funcionava aos sábados. Ele atraia grande público pelos vários produtos frescos ali vendidos. A partir de 1912, foi permitido seu funcionamento diário.

O mercado já passou por várias histórias e sofreu maus bocados, principalmente durante a ocupação alemã, quando afastou os judeus, que somavam um terço dos comerciantes.

Só que nos anos 60 e 70, o Albert Cuyp Markt transcendeu de apenas uma mercado de bairro para ser visitado e frequentado por muitos turistas e moradores da alta classe.

Albert - Cuyp - Market - Amsterdam

Isso é que faz a atmosfera e diversidade do Albert Cuyp Markt. Jovens e velhos, imigrantes e moradores, diferentes classes sociais, frequentam o mesmo ambiente sem qualquer distinção entre em si, apenas em busca de alimentos frescos e produtos exóticos ou com um melhor preço!

Informações Úteis

Funciona de segunda à sábado, geralmente das 9hrs até um pouco antes das 17hrs.

O Albert Cuyp Markt ocupa três quarteirões. Para iniciar a sua caminhada, escolha o ponto da rua Albert Cuypstraat com a rua Ferdinand Bolstraat ou da Albert Cuypstraat com a rua Van Woustraat.

Se for chegar de transporte público, use as seguintes rotas:

Tram 4: Desça na parada “Stadhouderskade”, continue reto pela rua Van Woustraat e logo você já verá a entrada da rua Albert Cuypstraat, percurso de uns 100 metros. Mapa.
Tram 16 e 24: Na rua Ferdinand Bolstraat, desça na parada “Albert Cuypstraat”, que já é início do mercado. Mapa.
Tram 3 e 12: Pela rua Ceintuurbaan, escolha a parada “Ferdinand Bolstraat” ou a parada seguinte, “Woustraat”. Após, escolha uma das ruas transversais para chegar na rua Albert Cuypstraat. Mapa.

Endereço
Albert Cuypstraat, Amsterdam, Reino dos Países Baixos. Mapa.

1. Albert Cuyp Markt e a Experiência Cultural

Justamente toda a história, diversidade e personalidade dos frequentadores e dos comerciantes do Albert Cuyp Markt que faz o espaço ser tão interessante.

Poder curtir as movimentadas ruas do mercado, se misturando com o povo. Perceber como as negociações são feitas, como as pessoas se vestem, o que mais parece vender, é a sensação que todo turista busca, não é mesmo? Conhecer melhor os costumes e tradições de um lugar diferente.

Albert - Cuyp - Market - Amsterdam

Isso é o que experimentamos, ainda que rapidamente, no Albert Cuyp Markt, e foi um dos pontos que tornou a programação tão divertida.

2. Albert Cuyp Markt e a Experiência Gastronômica

Agora é nesse aspecto que o passeio pelo Albert Cuyp Markt torna a imersão cultural holandesa completa, já que no mercado há diversas comidas típicas da região!

Acho que nunca irei me esquecer de um cara com um sotaque engraçado gritando “Try some chicken! Try some chicken”, em uma barraquinha cheia de frango assado com bastante tempero.

E que tal começar por um dos pratos mais famosos, o arenque cru com cebola e picles (Haring). É um peixinho gorduroso, curtido na salmoura com um sabor forte. Esse não experimentos, mas quem sabe na próxima hehe.

Ainda nos salgados, também têm as famosas batatas fritas (deliciosas!) que vem com muita maionese e os peixes fritos, como o Kibbeling. Mas o especial mesmo, são os queijos.

Afinal a Holanda tem sabores maravilhosos de queijos, a começar pelo gouda. Sem falar que os preços no mercado são ótimos, trouxemos uns dois tipos para casa.

Aqui tem um post excelente sobre os queijos no Albert Cuyp Markt do Blog Boa Viagem!

Albert - Cuyp - Market - Amsterdam

© amsterdam@Home – Makelaar. Banca de queijos

Já nos doces, não deixe de comer o famoso Stroopwaffle feito na hora, quentinho e derretido. Ou quem sabe experimentar o Poffertjes, minis panquecas com açúcar e os waffles com chocolate.

Albert - Cuyp - Market - Amsterdam

© thatfoodcray

Só que as opções não acabam por aí! Ainda tem uma barraquinha com sucos naturais deliciosos, escolhi um smoothie bem saboroso. Várias banquinhas com variedade imensa de peixes, frutos do mar, verduras e frutas fresquinhas. Além de pratos de outras culturas, como grega e vietnamita.

Albert - Cuyp - Market - Amsterdam

Sem contar os vários cafés e restaurantes que há nas proximidades do mercado. Veja uma lista aqui. Com certeza opção gastronômica durante a visita ao mercado não vai faltar!

3. Albert Cuyp Markt e a Experiência de Compras

Se pareceu que tem só comida pela Albert Cuyp Markt, não se engane. O que enche mesmo a rua Albert Cuypstraat são as barraquinhas de “bugigangas”!

Por lá, há diversas barracas de roupas, calçados e acessórios – chapéus, meias, bolsas, cintos, toucas, luvas, bijuterias, relógios…. O preço atrai, mas a dica é olhar bem a qualidade dos artigos.

Porém, a variedade de produtos continua. Tem tempero, incenso, chá,  brinquedos, acessórios para pets, eletrônicos e bicicletas, livros, utensílios de cozinha, itens de farmácia, souvenirs e por aí vai.

Albert Cuyp Market - Amsterdam

Além, claro, das barraquinhas com flores lindas e pães fresquinhos enfeitando o mercado.

Albert Cuyp Market - Amsterdam

© olive green anna

Como era fim de viagem, juntamos os últimos euros e fizemos a festa.

Viemos para casa com uma caneca linda (e usada todo dia!), pegadores de armário bem estilosos, uma mala de viagem, uma bolsa, um boné com uma estampa florida diferente, um relógio muito cool (que depois eu deixei cair e quebrou, sad) e um guarda-chuva lindo!

Albert - Cuyp - Market - Amsterdam

 

Passear no Albert Cuyp Markt, no último dia de viagem, deixou boas lembranças. Valeu a pena colocar essa programação no roteiro e viver uma tarde movimentada em Amsterdam.

E você, já visitou também o mercado? Deixe um comentário sobre o que achou daqui ou se ficou alguma dúvida e, claro, compartilhe!

Dúvidas?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários