Visitar a ponte da Thapyoka é conhecer uma linda vista para a represa do Rio Benedito, onde o verde, a cultura alemã e o som das águas se cruzam.

Relacionado

Timbó é uma pequena cidade de 38 mil habitantes e está apenas a 30km de Blumenau, em Santa Catarina. Ela é conhecida como a Pérola do Vale. É uma cidade típica do interior, calma e pacata.

O município foi fundado pelo alemão Frederico Donner, no ano de 1869. Nesta data ele construiu sua moradia e a primeira casa comercial às margens do rio Benedito. TImbó foi estabelecida pelos imigrantes alemães, porém a economia e o crescimento deve muito aos imigrantes italianos.

A cultura, culinária e construções lembram muito as tradições de seus fundadores. Tanto que até os dias de hoje existe a Festa do Imigrantes, celebrada todo mês de outubro, para relembrar as origens da cidade.  

Complexo Turístico Jardim do Imigrante

Apesar de ter a Ponte da Thapyoka como principal atração, este monumento faz parte do Complexo Turístico Jardim do Imigrante em Timbó. O complexo compreende:

  1. na Represa do Rio Benedito, vista principal, ela foi construída em 1880 pelos imigrantes alemães.
  2. no Museu do Imigrante, fundado em 2003, está na esquina da praça (lado oposto da entrada da ponte). Inclusive no mês de outubro de 2016, recebeu alguns itens da 2° Guerra Mundial e, entre ele, estava a máquina de escrever do Adolf Hitler!
  3. no início da ponte tem uma Casa em arquitetura típica enxaimel. Ali funciona o Restaurante e Choperia Thapyoka, bem recomendado pelos viajantes e serve comida tradicional alemã.
  4. Já, no final, está a Antiga Fecularia (que atualmente é a Boate Thapyoka).

Endereço
Avenida Getúlio Vargas, 201 – Centro, Timbó – SC, 89120-000. Mapa

O acesso fica um pouco escondidinho, mas é logo ao lado esquerdo do restaurante. Para estacionar, sempre têm vagas nas redondezas.

Imagem do Google Street View. Acesso à Ponte da Thapyoka.
Imagem do Google Street View. Acesso à Ponte da Thapyoka.

Curta algumas imagens da Ponte da Thapyoka 🙂  Há fotos de dois dias diferentes em que a visitamos neste ano.

Ponte da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Casa Enxaimel
Casa Enxaimel
Ponte da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Antiga Fecularia
Antiga Fecularia
Represa do Rio Benedito
Represa do Rio Benedito
Casa Enxaimel
Casa Enxaimel
Ponte da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Casa Enxaimel, Restaurante da Thapyoka
Casa Enxaimel, Restaurante da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Ponte da Thapyoka
Represa do Rio Benedito
Represa do Rio Benedito
Antiga Fecularia
Antiga Fecularia
Represa do Rio Benedito
Represa do Rio Benedito
Ponte da Thapyoka, antiga fecularia ao fundo
Ponte da Thapyoka, antiga fecularia ao fundo

Demais esse lugar né?! Super tranquilo, com barulho bom de água correndo a visita vale super a pena, é relaxante.  

Circuito Cicloturismo

Início e final do Circuito do Cicloturismo do Vale Europeu
Início e final do Circuito do Cicloturismo do Vale Europeu

Outro aspecto legal da Ponte da Thapyoka é o Circuito de Cicloturismo do Vale Europeu de Santa Catarina. Ali, ele se inicia e finaliza.

O trajeto tem duração de 7 dias. Ao longo do percurso, você vai conhecer as cidades de Timbó, Pomerode, Indaial, Ascurra, Apiúna, Rodeio, Benedito Novo, Doutor Pedrinho, Rio dos Cedros, Altos Cedros e Palmeiras.

Ao todo são 300km guiando o ciclista por meio de placas e setas amarelas. Por isso a rota é considerada auto guiada (self guided).

Segundo as informações do site oficial, o Circuito do Vale Europeu é o principal destino dos cicloturistas no Brasil. É o primeiro no país planejado e organizado especialmente para ser percorrido de bicicleta. Foi desenhado de modo a passar pelos melhores atrativos turísticos da região, como cachoeiras, arquitetura colonial e atrativos naturais, passando por estradas de terra bonitas e tranquilas.

Além da sinalização o ciclista recebe um guia com mapas, planilhas de orientação e todas as informações necessárias para a viagem. O passaporte, também retirado na inscrição, é carimbado nos hotéis e outros estabelecimentos turísticos, comprovando a passagem do ciclista. Ao final, dá direito a um certificado de conclusão do circuito.

Para mais detalhes acesse aqui: cicloturismo.circuitovaleeuropeu.com.br  

Praça Frederico Donner

Por fim, mais um local (entre tantos outros) que vale a pena conhecer em Timbó é a Praça Frederico Donner. Este espaço foi construído há poucos anos e abriga uma casa com arquitetura enxaimel super fofa! Ela está logo a frente do ponto de partida do Cicloturismo, bem próximo à Ponte da Thapyoka.

Um local que permite a boa e velha conversa no banco de praça, a prática de esportes, brincadeiras para as crianças e com inspirações para fotos. Na praça também tem a Casa do Artesão que expõe diversos trabalhos manuais (aberto todos os dias, das 10hrs às 18hrs).

Casa Enxaimel
Casa Enxaimel
Casa Enxaimel
Casa Enxaimel
Casa Enxaimel
Casa Enxaimel

 

É isso aí, uma visita fácil, tranquila e divertida de fazer com a família. É sempre interessante apreciar e conhecer mais sobre cidadezinhas que podem (ou não) estar próximas a você  😉 Comente!

Summary
Ponte da Thapyoka em Timbó
Article Name
Ponte da Thapyoka em Timbó
Description
Visitar a ponte da Thapyoka é conhecer uma linda vista para a represa do Rio Benedito, onde o verde, a cultura alemã e o som das águas se cruzam.
Author
Publisher Name
Cadê minha mala?
Publisher Logo