Localizados no centro histórico de Curitiba, a feirinha Largo da Ordem e o Memorial 300 anos, são passeios imperdíveis para os moradores e turistas!

Relacionado

O centro de Curitiba é muito especial. Quando criança parecia o maior lugar do mundo, já na adolescência, o mais descolado hehe. Sempre era bom passear por ali.

Porém, além disso, há vários prédios antigos e muita história para contar e é aqui que a tradicional Feirinha Largo da Ordem acontece.

Feirinha Largo da Ordem

Após um reforçado café da manhã, numa manhã ensolarada e super gelada na capital do sorriso — ou não! — decidimos explorar a Feirinha Largo da Ordem.

Feirinha do Largo da Ordem
Feirinha do Largo da Ordem

Já conhecia a “feirinha” — que de inha não tem nada, porque é gigante — da minha adolescência, só que indo visitá-la hoje, vários anos mais tarde, tive uma perspectiva totalmente diferente. Me pareceu um ambiente totalmente novo a ser explorado.

Lembrou também a Feira de Albert Cuyp Markt de Amsterdam, o maior mercado de rua da Europa.

Aberta todas as manhãs de domingo, a Feirinha é considerada a segunda maior feira de artesanato do Brasil, com mais de 1.000 barracas!

Há diversos tipos de barraquinhas, com os mais variados produtos. Farta de artesanatos para casa, com peças de croché e madeira e vários estilo de bijuterias — desde daquelas bem de praia até as mais sofisticadas com pedraria — e também é possível encontrar roupas, bolsas, sapatos, móveis — tudo handmade — objetos de decoração e brinquedos de criança, souvenirs e claro várias barraquinhas de comida!

Feirinha Largo da Ordem
Feirinha Largo da Ordem
Feirinha Largo da Ordem
Feirinha Largo da Ordem
Feirinha Largo da Ordem
Feirinha Largo da Ordem
Caixinhas
Caixinhas
Souvenirs
Souvenirs
Sapatos
Sapatos
Bijuterias
Bijuterias
Artesanato
Artesanato

Destaque para as barraquinhas de antiguidades que são muito divertidas! Tem várias notas e moedas antigas de diversos países e também objetos antigos, como máquina de escrever, telefones, roupas, decoração, muitooos selos e postais.

Inclusive voltamos para casa com uma nota antiga dos Países Baixos, que se chamava Gulden e era utilizada do século XVII até 2002, antes da entrada do euro.

Antiguidades Feirinha Largo da Ordem
Antiguidades Feirinha Largo da Ordem
Botons Feirinha Largo da Ordem
Botons Feirinha Largo da Ordem
Antiguidades Feirinha Largo da Ordem
Antiguidades Feirinha Largo da Ordem
Antiguidades Feirinha Largo da Ordem
Antiguidades Feirinha Largo da Ordem
Moedas Feirinha Largo da Ordem
Moedas Feirinha Largo da Ordem
Moedas Feirinha Largo da Ordem
Moedas Feirinha Largo da Ordem
Vijf Gulden - de nederlandsche bank
Vijf Gulden – de nederlandsche bank

Há, ainda, um espaço bem grande para as pinturas, que olha, foi de derreter o coração! Várias lindíssimas! Realmente vale a pena prestigiar os artistas da feirinha.

Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem
Pinturas Feirinha Largo da Ordem

Hora de Comer 😀

Bateu 13hrs no relógio, foi hora de escolher a barraquinha de rango para atacar, vimos várias opções, como: o tradicional pastel de feira, empada argentina, caldo de cana, e uma barraquinha só com bolinho de bacalhau que tava fazendo mó sucesso.

Resolvemos então começar pelo bolinho de bacalhau, que apesar do preço salgado de 8 reais por bolinho, era uma delícia! Mas foi só um tapa buraco, porque depois corremos para barraquinha do pastel. A média era de 5 reais cada um, escolhemos pastel de carne e de nutella — perfeito! — e tinha vários outros sabores.

Pastel Feirinha
Pastel Feirinha
Bolinho de Bacalhau
Bolinho de Bacalhau

Ainda caminhando pela feirinha, que está localizada no centro histórico de Curitiba, é possível encontrar outros pontos turísticos religiosos: A Igreja do Rosário – construída em 1846, que se destaca pelos azulejos portugueses; a Igreja Luterana – que segue os ensinamentos de Martinho Lutero, fundado em 1866; e a Mesquita Imam Ali Ibn Tálib – templo da comunidade islâmica, voltada à Meca, a qual foi inaugurada em 1972.

Igreja Luterana
Igreja Luterana
Igreja do Rosário
Igreja do Rosário
Mesquita Ali Ibn Abi Tálib
Mesquita Ali Ibn Abi Tálib

Endereço
Setor histórico, próximo à Praça Tiradentes. Mapa.

Horário de Funcionamento
Todos os domingos, das 9hrs às 14hrs.

Memorial de Curitiba

Seguindo a rota da feirinha Largo da Ordem, conhecemos outro ponto bem diferente, o Memorial de Curitiba.

Este espaço bem singular e moderno, foi criado em comemoração aos 300 anos da cidade. Possui uma construção com estrutura metálicas e vidros, lembrando a forma de um pinheiro, que contrasta com as construções ao redor.

O recinto serve para diversas atividades:  seminários, palestras, lançamentos de livro, encenações cênicas e musicais, atividades culturais.

Ao fundo, tem um painel enorme com várias pinturas que retratam um pouco da história de Curitiba, é bem diferente e bonito, vale a pena para tirar uma boa foto. Só não tente usar o banheiro, porque o cheiro… bem, já deu pra entender né.

Memorial 300 Anos Curitiba
Memorial 300 Anos Curitiba
Memorial 300 Anos Curitiba
Memorial 300 Anos Curitiba

Endereço
Rua Doutor Claudino dos Santos, 79, Curitiba – PR, 80020-170.

Horário de Funcionamento
Terça a sexta, das 9hrs às 12hrs e das 13hrs às 18hrs.
Sábados, domingos e feriados das 9hrs às 15hrs.

 

Não deixe de comentar e também compartilhar, é um prazer responder qualquer dúvida ou saber se você já visitou algum desses lindos pontos de Curitiba!

Summary
Roteiro Curitiba: Feirinha Largo da Ordem e Memorial 300 anos
Article Name
Roteiro Curitiba: Feirinha Largo da Ordem e Memorial 300 anos
Description
Localizados no centro histórico de Curitiba, a feirinha Largo da Ordem e o Memorial 300 anos, são passeios imperdíveis para os moradores e turistas!
Author
Publisher Name
Cadê minha mala?
Publisher Logo